quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Ponte-H com o Circuito L293 (Half Bridge)


Circuito ponte H com L293Uma boa alternativa no controle de motores DC de baixa potência é a utilização do circuito integrado L293. Este pequeno circuito possui quatro drives bidirecionais que podem ser configurados para trabalhar como duas Ponte-H independentes, acionando dois motores diferentes com controle de sentido de giro. Confira o funcionamento desse componente e uma proposta de circuito impresso para ele.





Características do Circuito Integrado L293


O circuito integrado L923 ou L293D possui drives de potência que podem funcionar como Ponte-H. A L293 é projetada para funcionar como um drive de corrente bidirecional de até 1A com tensões de 4,5V a 36V. Já o L293D trabalha com correntes de circulação de até 600mA com 4,5V a 36V também.

Os dois circuitos integrados são projetados para operar com cargas indutivas como relés, solenoides, motores DC, motores de passo bipolar, bem como outras cargas que exijam altas correntes e elevada tensão.

Na figura 1 temos um exemplo de utilização da L293 mais geral em que controla 3 motores, sendo 2 motores unidirecionais e 1 bidirecional. A figura 1 somente ilustra formas de utilização dos drives internos da L293 para diferentes aplicações.

Circuitos com a L293
Figura 1 - Utilização da L293.

Comando lógico para L293


Todas as entradas de lógica são compatíveis com os níveis TTL. Cada saída possui uma unidade com transistores Darlington que devem ser acionadas em pares, os drives 1 e 2 funcionam quando o pino Enable 1,2EN está ativado e os drives 3 e 4 funcionam quando o pino Enable 3,4EN está ativado. O circuito lógico dos drives internos da L293 é apresentado na figura 2.

Ponte H com a L293
Figura 2 - Circuito lógico interno da L293


Na tabela abaixo temos o funcionamento lógico para cada drive interno do L293.  Observe que a saída segue a entrada quando o pino EN (Enable) está ativado.  

Ponte H L293

Quando o pino de habilitação (Enable) está ativado, os drives associados a esse pino EN estão ligados e suas saídas são ativadas em função de suas entradas. Quando o pino de habilitação (Enable) é posto em estado baixo, os drives associados a esse EN estão desligados e suas saídas estão no estado de alta impedância.

Com os comandos corretos nas entradas (1A, 2A, 3A, 4A), cada par de drives bidirecional podem (não necessariamente)  forma um Ponte-H sendo adequada para aplicações com solenoide ou motores. Na figura 3 e na tabela a seguir temos uma aplicação típica utilizando dois drives da L293 (metade da L293) como Ponte-H para controle de um motor.

Circuito ponte H
Figura 3 - Funcionamento da L293 como Ponte-H.



Logica de controle da Ponte H L293

Observações:

Na L293, diodos de alta velocidade devem ser utilizados na saída para suprimir os transientes provenientes das correntes induzidas. Já na L293D os diodos podem ser suprimidos, pois existem diodos já incorporados internamente no dispositivo. Na figura 4 ilustra uma comparação entre o L293 e o L293D para uma mesma aplicação de controle de um motor bifásico, observem a representação dos diodos no circuito.

A utilização da L293D reduz a complexidade da placa de circuito impresso, pois diminui o numero de componentes porem a corrente da carga para o L293D não pode ultrapassar os 600mA. Para o L293 essa corrente pode chegar até 1A.

Pnte H
Figura 4 - diferença interna entre a L293 e L293D.
 




Tanto o L293 quanto o L293D são caracterizados por suportar uma temperatura de trabalho de 0°C a 70°C.
Vale ressaltar também que o terminal Vcc1, separado do Vcc2, é destinado ao circuito de lógica para as entradas e minimiza a energia dissipada no dispositivo.

Na tabela abaixo temos um comparativos dos níveis de tensões e correntes permitidos pelos circuitos integrados.

Caracteristicas da L293


Circuito Ponte-H para L293 ou L293D.


Na figura 5 e 6 temos o layout da placa de circuito impresso. O download dos arquivos em pdf para confeccionar a placa se encontra logo abaixo.

Link dos arquivos:  Arquivos de Projeto

Circuito Ponte H L293
Figura 5 - Trilhas

Circuito Ponte H L293
Figura 6 - Mascara

O circuito proposto é um drive Ponte-H para dois motores DC 12V com corrente de pico máxima de 1A utilizando o CI L293. A alimentação é feita por uma fonte de 12V (Vcc2) que consiga fornecer a potência aos motores e uma fonte de 5V (Vcc1) para a lógica TLL.

O controle do Motor 1 é feita pelos comando EN_1, 1A e 2A. O controle do Motor 2 é feita pelos comando EN_2, 3A e 4A. A tabela de comandos é dada em "Tabela - Lógica de comando drive ponte H". O Pino Enable pode ser usado para o controle de velocidade do Motor se a técnica PWM for implementada pelo circuito de processamento.

Os diodos para suprimir as corrente induzidas são do tipo 1n4748 e os capacitores C1 e C2 são de 100nF do tipo cerâmico 50V. A placa suporta tanto a L293 quanto a L293D. Caso utilize o L293D os diodo podem ser suprimidos e a corrente de pico máxima dos motores devem ser menores que 600mA.


Controle de motores DC por PWM
Figura 7 - Montagem final da placa drive Ponte H.

Talvez seja necessário a utilização de um dissipador de calor dependendo da potência das cargas a ser controladas. O dissipador deve ser soldado nos pinos de GND (4,5,12,13) e estar em contato com a superfície do CI.

Dissipador de Calor para L293
Figura 8 - Dissipador de Calor.

Lista de Componentes


CI1 - L293
C1, C2 - 100nF Capacitor cerâmico 50V.
D1 a D8 - 1n4148

12 comentários:
  1. No desenho consta o diodo 1N4148, mas na lista consta 1N4748. Qual o ideal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Isaac,
      O correto é o diodo 1n4148 mesmo... Acredito que digitei errado no post...

      Obrigado pela vista e por contribuir com o blog!

      Excluir
    2. Obrigado por responder.
      Parabéns pelo blog, me ajuda bastante.
      Aproveitando para tirar mais dúvidas:
      -Posso usar este circuito para controlar um motor de 5V?
      -No caso de usar um Arduino, devo ligar o 0V do Arduino ao 0V do circuito também né?

      Excluir
    3. Obrigado Isaac!
      Sim, você pode controlar um motor de 5 volts sem problemas se a ponte H for conectada em 5V!
      Para que o circuito funcione corretamente com os comando vindo do Arduino você tem que conectar os 0Volts entre si... Isso mesmo!

      Excluir
  2. na minha cidade so tem o l293B posso usar / se sim mudaria alguma coisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Rodrigo,
      Sim você pode usar. O circuito é o mesmo (pinagem) a diferença vai ser as características de condução de corrente. Você pode comparar essa diferenças através dos datasheets... A L293B pode conduzir até 1A CC e 2A de pico.

      Excluir
  3. valeu amanha mesmo eu irei comprar,tenho que fazer quatro pontes para uma oficina e ja andei em varias lojas e ta em falta o l293/293d e 298 tb e so tem o 293b , valeu cara ja vou indicar teu blog pra galera...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah legal Rodrigo! Boa sorte ai e obrigado por divulgar !

      Excluir
  4. Caso eu use os diodos d1- d8 no ci l293d, a corrente de saida pode ser maior que 600ma?

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Amigo,
    Não, os diodos atuam somente para supressão das corrente induzidas durante o funcionamento do circuito. os diodos protege o CI de elevados picos de tensão provocados pelas comutações das chaves sobre o motor. Os diodos para essa finalidade são chamados de diodos de roda livre.

    A corrente máxima do L293D continua sendo 600ma independente dos diodos. Consulte o manual fornecido pelo fabricante (datasheet).

    Obrigado pela visita !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Guilherme.
      Vc pode me explicar onde e para que servem estes capacitores neste circuito?
      Obrigado.

      Excluir
    2. Oi Sebastião,
      Os capacitores são ligados em paralelo com a alimentação e possuem a função de filtro contras os possíveis ruídos gerados no acionamento de motores.

      Excluir

Digite seu cometário...
(Seu comentário será visível apos a moderação)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Paginas